1 de julho de 2014

Falha nos trens gera protesto e usuários invadem trilhos em São Paulo

Um problema na operação da linha 11-coral, da CPTM, na manhã desta terça-feira (1º), interrompeu temporariamente a circulação dos trens, que operam entre as estações Luz e Guaianases e funciona como Expresso da Copa nos dias de jogos no Itaquerão. Após ficarem cerca de 40 minutos parados em uma composição que se dirigia da estação Brás para a Luz, alguns usuários começaram a danificar os vagões e promover um quebra-quebra.

 Outros invadiram a linha, o que paralisou a operação. "Foi assustador. O trem deixou a estação do Brás e ficou uns 40 minutos parados por falha técnica. Foi o que avisou o sistema de som do vagão. Alguns começaram a depredar o vagão", disse o vendedor Donizete Galdino, 42, à reportagem. O problema ocorreu por volta das 8h20. Foi parcialmente normalizado às 9h.

 A linha 11-coral é a mesma que nos dias de jogos da Copa do Mundo é utilizada como Expresso da Copa, saindo da Luz e com parada única no terminal Corinthians-Itaquera. O trajeto leva 19 minutos. A circulação do Expresso da Copa teve início às 9h30 por causa do jogo entre Argentina e Suíça, às 13h, no Itaquerão. Segundo a CPTM, o que houve foi uma falha no sistema de sinalização entre as estações Brás e Luz.

 Os usuários que invadiram a via foram retirados da estação. 

 TNOnline

FolhaPress

 

DIEGO IWATA LIMA E RAFAEL VALENTE

 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).