7 de junho de 2014

Paulistanos enfrentam terceiro dia de greve do metrô

Três das cinco linhas do Metrô de São Paulo funcionam parcialmente na manhã de hoje (7). Pelo terceiro dia consecutivo, a greve dos metroviários prejudica o deslocamento dos paulistanos que dependem desse transporte.

Segundo a assessoria de imprensa da empresa, a Linha 1-Azul, que liga a zona norte à zona sul, passando pelo centro, opera entre as estações Ana Rosa e Luz. Na Linha 2-Verde, que liga a zona oeste à zona leste, cruzando o centro, os trens circulam entre as estações Ana Rosa e Clínicas. Na Linha 3-Vermelha, que transporta os passageiros da zona leste ao centro, a operação vai da Estação Bresser-Mooca à Estação Santa Cecília.

A Linha 5-Lilás, a Linha 4-Amarela, pertencente à iniciativa privada, e os trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) operam normalmente.

Ontem, a quinta reunião de conciliação para o fim da greve terminou sem acordo. Os representantes do metrô mantiveram, em audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), a proposta de reajuste salarial de 8,7%. Mediadores do TRT chegaram a propor que a empresa apresentasse um aumento de, no mínimo 9%, que não foi aceito.

Uma assembleia dos trabalhadores foi marcada para hoje, às 17h, na sede do sindicato. O tribunal decidiu que a fase de conciliação está encerrada e que o julgamento do discídio coletivo, pré-agendado para amanhã (8), cabe à Justiça.

AGÊNCIA BRASIL
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).