21 de maio de 2014

Veja como está a paralisação de ônibus em cada região de São Paulo

Garagem da Viação Santa Brígida, na Vila Jaguara, lotada nesta quarta-feira (21). Empresa atende a Zona Norte de São Paulo. (Foto: Felipe Rau/Estadão Conteúdo)

Zonas Norte e Oeste da capital são as mais afetadas, diz SPTrans.
Trânsito ficou acima da média pela manhã; Metrô e CPTM estão normais.

A cidade de São Paulo enfrenta nesta quarta-feira (21) uma paralisação de motoristas e cobradores que mantinha mais de dez garagens fechas ainda às 12h. Pararam funcionários das empresas Santa Brígida, Via Sul, Gato Preto, Sambaíba e Vip, na região do M'Boi Mirim. A viação Campo Belo também chegou a ser fechada, mas voltou a funcionar por volta das 7h.

As zonas Oeste e Norte são as principais afetadas. Funcionários das empresas que atendem a Zona Leste não fecharam as garagens. No entanto, a população dessa região foi prejudicada pelo fechamento do Terminal Parque Dom Pedro II, no Centro, que serve de ponto inicial e final de ônibus que atendem a Zona

Leste
Também estão fechados os terminais Lapa, na Zona Oeste, e o terminal de acesso ao Expresso Tiradentes, no Centro. Diversos outros terminais ficaram abertos durante a manhã, mas sem presença de ônibus, casos dos terminais Cachoeirinha, Tucuruvi e Casa Verde.

A paralisação de ônibus, intensificada no final da manhã, deverá complicar a volta para casa do paulistano. Há vários ônibus abandonados em avenidas como Brigadeiro Faria Lima, na Zona Oeste, Celso Garcia, na Zona Leste, e em viadutos no Centro.

Diante da paralisação, a Prefeitura de São Paulo informou que estava suspenso o rodízio de veículos nesta quarta. O pico de trânsito até as 10h desta quarta-feira foi de 98 km de congestionamento, registrado às 9h30. Segundo a CET, o índice esperado para este horário fica entre 67 e 95 km.

O Metrô e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) operaram normalmente. Confira como está cada região da cidade:

Zona Norte
As viações Sambaíba e Santa Brígida, que atendem a região, pararam e deixaram os pontos lotados. Os terminais Tucuruvi, , Pirituba, Cachoeirinha e Casa Verde não tinham ônibus, já que são atendidos por essas empresas.

Zona Oeste
As viações Santa Brígida e Gato Preto, cujas garagens estavam fechadas pela manhã, também transportam passageiros da Zona Oeste e prejudicaram a circulação nos terminais da região, como o Pinheiros. A região ficou ainda mais complicada por conta da paralisação do Terminal Lapa, bloqueado com um ônibus que tinha o pneu furado.

Na esquina das Avenida Rebouças e Brigadeiro Faria Lima, por volta das 9h30, cerca de 30 ônibus estavam estacionados. Eles foram abandonados nos corredores e ainda não foram retirados, prejudicando o trânsito.

Zona Sul
As viações Via Sul e Vip, da garagem do M'Boi Mirim, foram as empresas que pararam e atendem a Zona Sul da capital paulista. Apesar da falta de alguns ônibus, terminais como Guarapiranga e Capelinha eram atendidos por outras empresas. Os manifestantes, no entanto, prejudicavam o trânsito caminhando pela Estrada do M'Boi Mirim, às 10h30.
A Viação Campo Belo, outra empresa que transporta passageiros pela região, também estava fechada, mas reabriu por volta das 7h.

Zona Leste
Os terminais e garagens dessa região funcionaram normalmente no início da manhã. No entanto, no final da manhã, o Terminal Parque Dom Pedro II foi fechado e motoristas teriam sido forçados a abandonar os veículos que atendem a Zona Leste em viadutos, no Centro, e na Avenida Celso Garcia, na Zona Leste.

Centro
No Terminal Bandeira, os coletivos saíam em menor quantidade em direção aos terminais Varginha, Santo Amaro, Guarapiranga e Capelinha.

O Terminal Parque Dom Pedro II não tinha circulação de ônibus e funcionários orientavam os usuários a procurar o Metrô.

O Expresso Tiradentes, serviço elevado de ônibus que liga o Centro às regiões do Sacomã e da Vila Prudente, não funcionava.

G1
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa
ÚNICO DA REGIÃO ENTREGUE TOTALMENTE ACABADO, COM PISO EM TODAS AS ÁREAS ✅ ESCRITURA GRÁTIS! 💥 APARTAMENTOS LOCALIZADOS A 1,8 KM DA ESTAÇÃO BALTAZAR FIDÉLIS 💥 Se você: ✅ Trabalha registrado ✅ Possui renda familiar de R$ 2200 ou mais ✅ Possuis FGTS Não perca mais tempo, saiba que você possui um excelente potencial de financiamento e não pode deixar essa oportunidade escapar! SUA OPORTUNIDADE CHEGOU ✅ 1 Vaga ✅ Condomínio com portaria 24hs. ✅ Piscina ✅ Salão de Festas ✅ Churrasqueira ✅ Quadra ✅ Playground ✅ Plantas de 46 e 46 M². O único da região que entrega totalmente acabado e pronto para morar ***Use seu FGTS *** Financiamento Caixa Econômica Federal *** Entrega garantida pela Caixa prevista para maio de 2019. Localização Município: Francisco Morato CEP do imóvel: 07996-005 Bairro: Res São Luis VISITAS SOMENTE COM AGENDAMENTO PRÉVIO Fale com agora mesmo no telefone ou WhatsApp com: RICARDO - 11-987405205