21 de maio de 2014

Grevistas prometem volta ao trabalho, mas exigem reunião com Haddad

Superintendente do Ministério do Trabalho espera que o prefeito possa intermediar reabertura de conversa entre empresas e trabalhadores

O grupo de motoristas e cobradores grevistas promete voltar a trabalhar na madrugada desta quinta-feira, 22. A decisão foi anunciada após reunião na Delegacia Regional do Trabalho (DRT) na noite desta quarta-feira, 21, e está condicionada a uma reunião com o prefeito Fernando Haddad (PT), às 10h, de quinta. A intenção da DRT é que Haddad reabra as negociações da campanha salarial.

Segundo o superintendente do Ministério do Trabalho, Luiz Antonio Medeiros, as empresas estão intransigentes e não aceitaram negociar com os grevistas. Por isso, agora ele espera que Haddad possa ajudar a abrir a discussão. O prefeito, porém, ainda não foi comunicado.

O sindicato patronal obteve liminar nesta quarta que obriga cada linha de ônibus a circular com no mínimo 75% de sua capacidade amanhã. Se a decisão não for cumprida, será aplicada multa.

Estadão 
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).