6 de maio de 2014

Falha na Linha 4 do Metrô de SP faz usuário esperar 50 minutos por trem

Estação Faria Lima ficou lotada; usuários sentaram no chão enquanto esperavam o trem

Uma falha na circulação de trens na Linha 4-Amarela do Metrô de São Paulo na noite desta terça-feira (6) fez com que os usuários esperassem quase 50 minutos por um trem na plataforma da estação Faria Lima, na zona oeste da capital.

Por volta de 21h15, havia um trem parado, sentido Luz, com as portas fechadas, impedindo a entrada dos que estavam nas plataformas. Alguns minutos depois, a composição partiu. O trem seguinte só chegou à plataforma às 22h04 e partiu após três minutos.

Neste período, locutores repetiam o aviso: "atenção: devido a problemas técnicos, os trens estão circulando com velocidade reduzida e maior tempo de parada nas estações."

"Velocidade reduzida"

A Linha 4, a única privada do Metrô paulista, é administrada pelo consórcio Via Quatro. Procurada pela reportagem, a assessoria do grupo confirmou que houve um problema na circulação das composições, mas disse desconhecer a informação de que usuários ficaram parados nas plataformas aguardando o trem há 50 minutos.

Segundo a assessoria, a falha fez com que os trens circulassem com "velocidade reduzida" durante 15 minutos, a partir de 21h30, e que às 21h45 a situação já estava normalizada.

Por conta do problema, as plataformas da estação Faria Lima ficaram lotadas de passageiros. A assessoria do consórcio Via Quatro afirmou que não foram registrados tumultos nas estações da linha.

Fonte: UOL
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).