27 de maio de 2014

Audiência na Justiça entre sindicalistas e Metrô-SP termina sem acordo

Em audiência de conciliação realizada ontem segunda-feira (26) no TRT (Tribunal Regional do Trabalho em São Paulo), representantes do Metrô e diretores do Sindicato dos Metroviários de São Paulo não chegaram a um acordo.

Desde a semana passada, os metroviários estão em estado de greve, uma espécie de ameaça de paralisação caso o Metrô não melhore as propostas. Amanhã à noite, a categoria fará uma assembleia para decidir se entra em greve ou não.

Os metroviários pedem um reajuste salarial de 35,47% --mesmo percentual que uma comissão do Senado aprovou para os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) na semana passada.

O Metrô, no entanto, oferece 5,2% de reajuste, percentual equivalente ao da inflação do último ano. Na reunião de hoje, o TRT sugeriu reajuste de 9,5% para todos os trabalhadores. Segundo a assessoria de comunicação do TRT, o Metrô se comprometeu a avaliar a sugestão do Tribunal até amanhã à tarde, antes da assembleia da categoria.

Os metroviários pedem ainda aumento no valor do vale-refeição e vale-alimentação, além de melhorias no plano de carreira e plano de saúde para aposentados, entre outros benefícios. Na manhã de quarta-feira haverá outra rodada de negociação no TRT.

Em uma página do Facebook relacionada à campanha salarial de 2014, o sindicato afirmou que, na audiência, não houve avanços com relação ao plano de carreira e aos trabalhadores demitidos, entre outros itens. "Podemos conseguir mais, se permanecermos mobilizados. Rumo à greve", diz o texto publicado na rede social.

Uma paralisação nas linhas de metrô de São Paulo afetaria cerca de 4,5 milhões de pessoas que usam este meio de transporte todos os dias. O sindicato avalia outras formas de manifestação, como a liberação de catracas aos usuários.

Leia mais em: http://zip.net/btnv1q
Fonte: UOL 
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa
ÚNICO DA REGIÃO ENTREGUE TOTALMENTE ACABADO, COM PISO EM TODAS AS ÁREAS ✅ ESCRITURA GRÁTIS! 💥 APARTAMENTOS LOCALIZADOS A 1,8 KM DA ESTAÇÃO BALTAZAR FIDÉLIS 💥 Se você: ✅ Trabalha registrado ✅ Possui renda familiar de R$ 2200 ou mais ✅ Possuis FGTS Não perca mais tempo, saiba que você possui um excelente potencial de financiamento e não pode deixar essa oportunidade escapar! SUA OPORTUNIDADE CHEGOU ✅ 1 Vaga ✅ Condomínio com portaria 24hs. ✅ Piscina ✅ Salão de Festas ✅ Churrasqueira ✅ Quadra ✅ Playground ✅ Plantas de 46 e 46 M². O único da região que entrega totalmente acabado e pronto para morar ***Use seu FGTS *** Financiamento Caixa Econômica Federal *** Entrega garantida pela Caixa prevista para maio de 2019. Localização Município: Francisco Morato CEP do imóvel: 07996-005 Bairro: Res São Luis VISITAS SOMENTE COM AGENDAMENTO PRÉVIO Fale com agora mesmo no telefone ou WhatsApp com: RICARDO - 11-987405205