12 de março de 2014

Vagão 'fantasma’ aparece em antiga estação e assusta guardas municipais

Vagão apareceu sozinho na antiga estação de São Roque, SP.
'Parecia coisa de fantasma. Foi um susto', diz guarda municipal.

Um vagão de trem foi visto circulando sozinho em uma linha férrea de São Roque (SP) na tarde da última  segunda-feira (10). O "vagão fantasma", sem locomotiva, apareceu na antiga estação de trem da cidade, onde funciona a base da Guarda Civil Municipal.

Segundo a GCM, o vagão veio de Mairinque (SP) até São Roque, já que o trajeto entre as duas cidades é um declive. “A gente estava almoçando quando viu o vagão sozinho, vindo na direção da estação. Saímos para ver, aí o vagão passou embalado pela estação e depois voltou de ré. Parecia coisa de fantasma. Foi um susto”, conta o guarda municipal Luiz Henrique da Silva.

Os guardas precisaram amarrar o vagão com cordas para ele parar de se locomover. Segundo Silva, o vagão, que estava todo pichado e danificado, era usado como restaurante. "O trem não era mais usado. Ele estava em um local para ser desmanchado antes de sair andando sozinho por aí", afirma.

De acordo a Guarda Municipal, o trem já foi retirado do local pela América Latina Logística (ALL), empresa responsável pela gestão da linha férrea na região. Ninguém ficou ferido.

Em nota, a ALL informou que o vagão sofreu uma avaria mecânica no momento em que estava sendo movimentado e por isso foi parar na estação. A empresa confirmou que o vagão foi retirado da estação.

G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).