8 de dezembro de 2013

Local da Estação Pirelli da CPTM sai até abril

A nova Estação Pirelli da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) não ficará localizada no mesmo ponto onde existia a antiga parada batizada com o nome da multinacional italiana, que foi desativada em 2006. A informação foi dada pelo presidente da estatal, Mário Manuel Bandeira.

A reabertura desse novo acesso aos passageiros da Linha-10 Turquesa na Vila Homero Thon, em Santo André, foi prometida pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) em outubro.

De acordo com Bandeira, atualmente a companhia está realizando estudo funcional para definir a nova localidade da parada. A previsão é de que o levantamento técnico seja finalizado até abril. Daí, então, será escolhido local da nova parada. O prefeito Carlos Grana (PT) confirmou ao Diário que a Prefeitura mantém diálogo com a CPTM para decidir qual será a melhor localidade para a Estação Pirelli.

Apesar de haver previsão para finalização do estudo que irá definir o local da parada, ainda não há estimativa sobre inauguração do equipamento. Segundo Bandeira, a prioridade é a modernização da Linha-10 Turquesa, que começará no ano que vem com a construção de novas estações em todo o trecho.

A construção da Estação Pirelli está programada para depois da finalização de projeto em todas as paradas. A previsão é que o novo acesso em Santo André comece a sair do papel em 2015.

O que pode nortear a localização da Estação Pirelli são os novos equipamentos privados que estão sendo instalados no entorno, como o Atrium Shopping, que abrigará a unidade do Poupatempo na cidade, torres comerciais, residências e hotel que estão sendo erguidos no local. A intenção da CPTM é utilizar de PPP (Parceria Público-Privada) para a realização das obras da nova parada, com as empresas investindo na implementação do equipamento.

“Uma estação valoriza o comércio local. Então, temos percebido, ainda que timidamente, alguns empreendedores interessados nesse tipo de ação. Em Hong Kong (na China), por exemplo, quem constrói as estações é a iniciativa privada”, explicou o presidente da estatal.

Bandeira disse que já há previsão desse tipo de parceria em outra cidade da Região Metropoliana. “Na Linha 8-Diamante, por exemplo, que fica na região de Barueri, exatamente na Estação Antonio João, há movimento da iniciativa privada para melhorar aquela parada.”

Cadu Proieti
Do Diário do Grande ABC
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).