12 de dezembro de 2013

Estação Adolfo Pinheiro do metrô será inaugurada em 40 dias, diz Alckmin

Governador Alckmin e secretário de transportes (de jaqueta clara) visitam as instalações da futura estação Adolfo Pinheiro
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou hoje (12) que vai inaugurar em 40 dias a estação Adolfo Pinheiro, a primeira do projeto de ampliação da linha 5-lilás do Metrô de São Paulo. A data coincide com a semana de aniversário da capital, celebrado em 25 de janeiro.

Hoje o tucano fez a primeira viagem entre o largo Treze e a nova estação, ainda em obras na zona sul da cidade. O trajeto tem cerca um quilômetro.

"A nova estação Adolfo Pinheiro, que está com 92% das obras concluídas, será entregue no aniversário de São Paulo. Serão, com essa, 65 estações de metrô na capital", disse Alckmin.

O governador ainda garantiu que as estações Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin serão entregues até 2015. Pelo projeto, que deve ser concluído em 2016, a linha completa integrará a região do bairro Capão Redondo até a Chácara Klabin, onde há uma estação da linha 2-verde, um total de mais de 11 km.



O secretário estadual de Transportes, Jurandir Fernandes, também esteve presente para acompanhar a primeira viagem entre as estações. Segundo ele, no início a estação Adolfo Pinheiro deve funcionar em operação assistida.

"Durante este mês de dezembro, estão sendo realizados testes com o trem no novo trecho. Depois será entregue e terá o funcionamento gradual com dias e horários determinados. Essa operação assistida funcionará entre 30 e 40 dias visando o ajuste final do equipamento ", afirmou.

No total, o governo de São Paulo espera receber 14 mil usuários na nova estação Adolfo Pinheiro.

NOVAS LINHAS

O governador Geraldo Alckmin afirmou que dentro de uma semana deverá assinar a PPP (Parceria Público Privada) para a construção da linha 6-laranja, que ligará a Brasilândia, na zona norte, até a estação São Joaquim, na região central da capital paulista.

O consórcio Move São Paulo, formado pelas empresas Odebrecht, Queiroz Galvão, UTC e pelo Fundo Eco Reality, venceu a licitação no mês passado. Ao todo, serão 15 estações num total de 15,9 km de linhas. A previsão é que o percurso de um extremo ao outro leve em torno de 27 minutos.

O valor do empreendimento é de R$ 9,6 bilhões, sendo que R$ 8,9 bilhões serão divididos entre o governo do Estado (50%) e o consórcio (50%).

Alckmin ainda disse que deve lançar em breve o edital para a PPP da linha 18-bronze que ligará, por meio de monotrilho, a estação Tamanduateí, na linha 2-Verde do metrô, até Guarulhos. O governador não divulgou o prazo para a divulgação das regras do certame.

Folha
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).