7 de dezembro de 2013

Autoridades visitam obras do VLT em Santos

O Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (Gaema) - Núcleo Baixada Santista ingressará com ação civil pública, com pedido de liminar, para interromper as obras da 1ª fase do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) entre Santos e São Vicente. A expectativa é de que isso aconteça até a próxima semana.

Enquanto isso, na manhã desta quinta-feira, o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, e o presidente da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), Joaquim Lopes, vão visitar o início das obras do VLT entre as avenidas Francisco Glicério com a Conselheiro Nébias.

A decisão dos promotores em entrar com uma ação foi anunciada após reunião com membros da EMTU e Prefeitura de Santos. Os integrantes do Ministério Público Estadual (MPE) devem solicitar a suspensão completa dos trabalhos ou a interrupção no trecho que gera impasse, Avenida Francisco Glicério, entre os canais 1 e 3.

Conforme a legislação ambiental brasileira, todos os órgãos envolvidos direta ou indiretamente com o empreendimento poderão responder à ação. O Gaema pretende buscar a anulação do licenciamento ambiental da obra devido ao não atendimento da Resolução 01/86, do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama).

A norma exige que os estudos ambientais apresentem a verificação de todas as possibilidades. De acordo com o promotor do Meio Ambiente, Daury de Paula Júnior, isso não ocorreu, já que o trajeto citado no Estudo de Impacto Ambiental (EIA-Rima) previa que os trens seguissem pela antiga linha férrea.

Um dos trechos desse documento é claro. “O traçado deve se restringir à faixa de domínio da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), outrora utilizada pelo TIM (Trem Intra-Metropolitano)”. A pedido do Gaema, a EMTU entregou em outubro uma série de informações para justificar a mudança do traçado para o canteiro central da Francisco Glicério, mas não convenceu o MPE.

Diante da falta de acordo, a estatal informa que a obra seguirá normalmente na via. A previsão é de que o primeiro VLT comece a circular, de forma experimental, em julho de 2014.

Fonte: A Tribuna
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa
ÚNICO DA REGIÃO ENTREGUE TOTALMENTE ACABADO, COM PISO EM TODAS AS ÁREAS ✅ ESCRITURA GRÁTIS! 💥 APARTAMENTOS LOCALIZADOS A 1,8 KM DA ESTAÇÃO BALTAZAR FIDÉLIS 💥 Se você: ✅ Trabalha registrado ✅ Possui renda familiar de R$ 2200 ou mais ✅ Possuis FGTS Não perca mais tempo, saiba que você possui um excelente potencial de financiamento e não pode deixar essa oportunidade escapar! SUA OPORTUNIDADE CHEGOU ✅ 1 Vaga ✅ Condomínio com portaria 24hs. ✅ Piscina ✅ Salão de Festas ✅ Churrasqueira ✅ Quadra ✅ Playground ✅ Plantas de 46 e 46 M². O único da região que entrega totalmente acabado e pronto para morar ***Use seu FGTS *** Financiamento Caixa Econômica Federal *** Entrega garantida pela Caixa prevista para maio de 2019. Localização Município: Francisco Morato CEP do imóvel: 07996-005 Bairro: Res São Luis VISITAS SOMENTE COM AGENDAMENTO PRÉVIO Fale com agora mesmo no telefone ou WhatsApp com: RICARDO - 11-987405205