14 de dezembro de 2013

Artigo: Esses humanos

Quando somos usuários diários dos trens da CPTM ou do Metrô, muitas vezes, é inevitável idealizarmos um modelo de comparação relacionando-os aos seres humanos.

Eu, por exemplo, sempre tenho isso em mente em diversos momentos e tomo a liberdade de compartilhar com vocês.

Uma das comparações que acho clássica é aquela quando o bichinho se arrasta entre uma estação e outra, fazendo de poucos minutos uma eternidade. Nessa situação, só tenho uma certeza: ele está com TPM e das bravas!
TPM é a sigla que uso para definir que é um"Trem Parando Muito" e, neste caso, infelizmente para nós, não acontece somente num período do mês!
Em alguns trajetos, quando estamos nos vagões e, por azar, distraídos e em pé, acontecem as famosas freadas bruscas.

Quando isso acontece, e depois de me recompor, a sensação é que estou passeando dentro de mim quando estou com crise de bronquite! Parece que o carro tá engasgado com toda tosse causada pela falta de ar e, neste caso, só xarope expectorante para salvar a minha vida e a dos demais usuários que se encontram na mesma situação.

Outro caso que vemos com frequência é o famoso "mimimi". Isso aqui independe de sexo! Eu encaro como sendo aquele momento em que o trem fica num abre e fecha de portas frequente, parado na plataforma, e não decide se sai ou se fica, parecendo alguém com frescura antes de tomar uma grandiosa decisão.

Enquanto isso, nós, os queridos pacientes, esperamos, esperamos, esperamos até que o "mimitrem" acabe e decida prosseguir viagem, que será sempre a melhor decisão, mesmo que isso já tenha levado minutos eternos.

O bom mesmo seria, e o que todos nós desejamos diariamente, é que sempre a melhor comparação a ser feita é quando ele cumpre o prometido e faz o que todos esperamos: nos transportar rápido e eficiente como se fossem o Mestre Sala e a Porta Bandeira da melhor escola de samba. Lindos, leves e faceiros, mas sem sacudir muito, como se o balanço fosse apenas um sambinha daqueles bons das antigas.


Andréia Garcia é coordenadora de projetos em ERP e autora do blog www.aviajantedotrem.com.br.

Andréia Garcia,
A Viajante Do Trem
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).