21 de novembro de 2013

Bilhete Único Mensal para trem, metrô e ônibus custará R$ 230 em SP

Valor é a soma dos cartões de ônibus e dos trilhos, com descontos.
Segundo a Prefeitura, bilhete mensal começa a funcionar no dia 30.

O Bilhete Único Mensal Integrado entre trem, metrô e ônibus de São Paulo custará R$ 230 por mês, conforme anúncio feito nesta quinta-feira (21) pela Prefeitura de São Paulo e pelo governo do estado. A integração mensal vai permitir  que os passageiros que utilizem as linhas municipais de ônibus e a rede metro-ferroviária quantas vezes quiserem durante 31 dias.

Se o usúario quiser usar o Bilhete Único Mensal só nos ônibus, pagará R$ 140. O mesmo valor, R$ 140, será cobrado para uso apenas no Metrô e na CPTM. Já o estudante paga meia: R$ 70 nas duas situações.

Considerando o valor de R$ 230 para o Bilhete Único Mensal Integrado, a adesão só vai valer a pena para pessoas que pretendem realizar a partir de 50 viagens ao mês, ou seja, para quem  faz mais viagens do que uma simples ida e volta ao trabalho de segunda a sexta-feira.  Isso porque, se o crédito inserido não for totalmente gasto, o usuário perde o valor da recarga ao fim dos 31 dias de prazo.

O Bilhete Mensal Integrado é um desdobramento da proposta feita por Haddad ainda na campanha eleitoral. Inicialmente, a previsão era oferecer o Bilhete Único Mensal para ônibus. Há cerca de dois meses, técnicos da esfera municipal e estadual se reuniram para tratar da ampliação da cobrança mensal também para os usuários que fazem trajetos incluindo ônibus e trens, a chamada "integração".

Segundo a Prefeitura, o bilhete mensal dos ônibus começa a funcionar no dia 30 deste mês. A previsão do governo do estado é a de que até a data o Bilhete Único Mensal integrado esteja pronto. O carregamento do Bilhete Mensal será feito em um único cartão de plástico e até esta quinta, 141 mil pessoas já haviam se cadastrado.
A versão tradicional do Bilhete Único já é aceita em trens e Metrô. Quando um passageiro utiliza em um mesmo período ônibus e transporte sobre trilhos, ele paga o chamado valor de "integração": R$ 4,65, enquanto a tarifa única, tanto dos trens quanto ônibus, é de R$ 3.

861 mil passageiros em potencial

Considerando os dados atuais do sistema, cerca de 861 mil pessoas teriam vantagem aderindo ao Bilhete Único Mensal Integrado porque já gastam mais mensalmente do que os R$ 230.
A maioria delas, 534.884 são usuários de ônibus e lucrariam optando pelo bilhete mensal apenas para ônibus, cujo preço é R$ 140. Outras 249 mil fazem integração e lucrariam pagando os R$ 230.

Alckmin e Haddad destacaram no entanto, que a expectativa não é apenas atender essas pessoas, mas estimular novas viagens, aproveitando o uso do transporte para o lazer. “Vai fortalecer o turismo, o comércio, a cultura e o emprego”, disse Alckmin.

Os secretários da área de transportes que acompanharam os governantes afirmaram que há capacidade ociosa no sistema para absorver essa demanda, em especial aos finais de semana. Segundo Jilmar Tatto, “um casal que hoje quer ir a um parque gasta pelo menos R$ 12 usando o transporte público”, e com o Bilhete Único Mensal poderá não pagar nada pela viagem se já gasta o crédito mensal inserido com atividades do dia a dia, como trabalho ou estudos.
“A partir de agora, para quem tem o Bilhete Único Mensal a referência deixa de ser a ida ao trabalho e passa a ser usufruir a cidade”, disse Haddad.

Cadastramento

Para ser beneficiado pela nova modalidade de cobrança, o passageiro precisa fazer o cadastramento para ter direito ao Bilhete Mensal. O cadastro deve ser feito no site da SPTrans. O usuário deverá indicar em qual dos 40 postos da SPTrans deseja retirar o bilhete. E será avisado por e-mail a data da liberação.
A emissão da primeira via do Bilhete Único Mensal será gratuita. O usuário que precisar solicitar uma segunda via deverá pagar o valor de sete tarifas comuns (R$ 3) ou de dez tarifas de estudante (R$ 1,5). Não será possível transferir os créditos do Bilhete Único para o Bilhete Único Mensal.

Fraudes

Para evitar fraudes, o Bilhete Único Mensal terá a foto do usuário. “O cadastramento é necessário para evitar fraudes no sistema de transporte”, disse Tatto. A administração municipal irá fazer também um monitoramento dos hábitos dos usuários. A utilização do cartão fora dos horários rotineiros do passageiro será observada.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa
ÚNICO DA REGIÃO ENTREGUE TOTALMENTE ACABADO, COM PISO EM TODAS AS ÁREAS ✅ ESCRITURA GRÁTIS! 💥 APARTAMENTOS LOCALIZADOS A 1,8 KM DA ESTAÇÃO BALTAZAR FIDÉLIS 💥 Se você: ✅ Trabalha registrado ✅ Possui renda familiar de R$ 2200 ou mais ✅ Possuis FGTS Não perca mais tempo, saiba que você possui um excelente potencial de financiamento e não pode deixar essa oportunidade escapar! SUA OPORTUNIDADE CHEGOU ✅ 1 Vaga ✅ Condomínio com portaria 24hs. ✅ Piscina ✅ Salão de Festas ✅ Churrasqueira ✅ Quadra ✅ Playground ✅ Plantas de 46 e 46 M². O único da região que entrega totalmente acabado e pronto para morar ***Use seu FGTS *** Financiamento Caixa Econômica Federal *** Entrega garantida pela Caixa prevista para maio de 2019. Localização Município: Francisco Morato CEP do imóvel: 07996-005 Bairro: Res São Luis VISITAS SOMENTE COM AGENDAMENTO PRÉVIO Fale com agora mesmo no telefone ou WhatsApp com: RICARDO - 11-987405205