9 de outubro de 2013

Seguranças da CPTM agridem passageiros


Seguranças da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) agrediram passageiros na estação Tatuapé, na linha 11-Coral. Eles reclamavam da superlotação das composições quando foram atacados pelos funcionários da companhia. A briga foi filmada pela ouvinte da BandNews FM Aline Kelly.

A causa do desentendimento teria sido a lentidão no trecho decorrente da quebra de um trem, por volta das 17h30 de terça. A composição, que precisou ser recolhida, aumentou o intervalo de parada entre os terminais Luz e Guaianazes. As plataformas ficaram lotadas e longas filas se formaram nas catracas da estação Tatuapé. 
Segundo a ouvinte, a confusão começou quando um passageiro reclamou da demora e foi retirado da fila pelos seguranças. Logo depois, os usuários começaram a questionar a atitude dos vigias e a resposta foi violenta.
Em nota, a CPTM informou que afastou preventivamente os seguranças envolvidos no ato de violência. A companhia ainda diz que não admite o uso de violência e aponta que irá investigar o caso.

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Anônimo disse...

Os seguranças da CPTM são despreparados,não tem postura nenhuma.Já vi várias cenas de agressões aos usuários.
Na CPTM somos tratados como animais,com um porém,para os animais já existem várias entidades para defendê-los dos maus tratos.

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).