19 de setembro de 2013

Após acidente, trecho da CPTM continua fechado nesta quinta-feira

O trecho entre as estações Franco da Rocha e Baltazar Fidélis, da linha 7-rubi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), permanece fechado nesta quinta-feira em decorrência do acidente que envolveu dois trens na manhã desta ontem (18). Dezesseis pessoasficaram feridas na batida.
A CPTM acionou operação Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência) com ônibus gratuitos para fazer o trajeto entre as duas estações.

O acidente ocorreu próximo à estação Franco da Rocha, por volta das 11h20, quando o trem de carga, que seguia para Francisco Morato (na Grande São Paulo) carregado com bauxita descarrilou e atingiu o último vagão do trem da CPTM. As causas do acidente ainda serão apuradas.

Com o fechamento do trecho entre Franco da Rocha e Baltazar Fidélis, o Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência) foi acionado e disponibiliza ônibus gratuitos para atender os passageiros do local. O restante da linha da CPTM permanece com movimento normal.
Com a estação Franco da Rocha operando como terminal, a quantidade de passageiros cresceu bastante nas plataformas, provocando lotações. Com isso, a CPTM passou a utilizar excepcionalmente uma plataforma da futura estação Franco da Rocha, ainda em obras. Ela está sendo utilizada para o embarque no sentido Luz.

A CPTM alerta os passageiros que na manhã de quinta-feira, o embarque no sentido Luz será realizado na plataforma da atual estação e o desembarque pela plataforma nova, em obras. À tarde, isso será invertido, com o embarque sentido Luz ocorrendo na plataforma nova e o desembarque pela plataforma antiga.


Bombeiros socorrem vítimas após acidente com trens em Franco da Rocha, na Grande São Paulo; 16 pessoas tiveram ferimentos

FERIDOS

Segundo a Prefeitura de Franco da Rocha, cinco mulheres, um homem e uma criança de três anos foram encaminhados ao pronto atendimento municipal, sendo que três adultos já tinham recebido alta por volta das 16h30. Três adultos e a criança permaneciam em observação. A criança chegou a levar pontos na testa.
Outras nove pessoas foram atendidas no Hospital Estadual Albano da Franca Rocha Sobrinho, sendo oito ponto conta de escoriações e uma mulher por conta de uma fratura exposta. Ela passava por cirurgia no horário. Entre as vítimas com escoriações, duas já tinham recebido alta por volta das 16h30.

Apesar dos dados da Prefeitura de Franco da Rocha e da Secretaria Estadual de Saúde apontarem 16 pessoas feridas no acidente, a CPTM apontava 13 vítimas, sendo ao menos uma em estado grave
Fonte: Folha
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Anônimo disse...

O QUE ACONTECEU FOI UMA FATALIDADE. MAS QUANDO REALMENTE ELES VAO ARRUMAR ESSA LINHA!A LINHA 7 RUBI E A LINHA QUE MAIS DA PROBLEMA SEI DISSO PORQUE MORO EM FRANCISCO MORATO ELES NUNCA ARRUMAM SEMPRE TEM PROBLEMA..ELES ESTAO FAZENDO MANUTENÇAO NAS VIAS FINAIS DE SEMANA JA A QUASE DOIS ANOS E NUNCA TERMINAM. OQUE ACONTECE QUE SO ESSA LINHA E ATRASADA ASSIM.AONDE VAI NOSSOS IMPOSTOS.ESTA NA HORA DE ALGUEM RESOLVER ISSO E NOS DAR UM TRANSPORTE DE QUALIDADE. ALIAS TODOS TRABALHAMOS E MERECEMOS UM TRANSPORTE DIGNO.




As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).