15 de agosto de 2013

Guarulhos faz ato em prol da construção de metrô que ligue cidade à capital

"Guarulhos quer metrô" é o nome do ato que será realizado no final da tarde de hoje (15), na cidade da Grande São Paulo, em uma iniciativa de centrais sindicais, associações empresariais e movimentos sociais. Os manifestantes vão se concentrar no centro da cidade, em frente ao marco zero, na rua Dom Pedro II.

A principal reivindicação do movimento é a construção de uma linha que interligue Guarulhos a São Paulo. O município, além de abrigar o maior aeroporto da América Latina, tem 1,2 milhão de habitantes, muitos dos quais se deslocam diariamente para a capital.

O vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e organizador do ato, Josinaldo de Barros, demonstra confiança no movimento popular. “Eu acredito que não aparecerá ninguém contra o ato, porque todos os guarulhenses são a favor do metrô. É impressionante que a segunda maior cidade do estado de São Paulo não tenha metrô. Guarulhos fica a 20 quilômetros da Praça da Sé, e o estado ainda não tomou nenhuma medida para nos interligar melhor à capital”, reclama.

A reivindicação é antiga e já recebeu diversas propostas, mas nenhuma que tivesse continuidade. Segundo Josinaldo, o governo estadual já apresentou vários planos, como corredores metropolitanos, trens de alta velocidade, mas nenhum desses meios é mais adequado que o metrô. "Mesmo assim, nenhum desses projetos saiu do papel."

Além da pressão popular, está mantendo encontros com as instâncias estaduais para tratar do problema. Em julho do ano passado, ele e o prefeito de Guarulhos, Sebastião Almeida , conversaram a respeito da reivindicação com o governador do estado, Geraldo Alckmin, mas não foi tomada qualquer medida. Na terça-feira (13), Alencar reuniu-se com o secretário da Casa Civil, Edson Aparecido. O próximo encontro se dará na quarta-feira (21), com a participação do secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes. O deputado disse que eles discutirão os rumos da proposta e os diversos modos de implementação do transporte metroviário.

“Nós queremos um metrô para Guarulhos. Não importa de onde ele venha; pode ser de uma linha já existente, pode ser da construção de uma nova linha. Isso ainda será analisado com o governo estadual. O importante é que o metrô é uma necessidade latente da população e reúne interesses de diversas camadas e movimentos. Ele precisa ser criado”, disse Alencar Santana.


Rede Brasil Atual
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).