30 de agosto de 2013

Funcionários empurram passageiros para fechar as portas de trem em SP

Trem partiu superlotado nesta quinta de estação da Linha 9 da CPTM. 

Companhia diz que agentes não devem 'empurrar' passageiros..

Agentes operacionais da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) usaram as mãos e até os ombros para empurrar passageiros para dentro do vagão e fechar as portas de uma composição superlotada na tarde desta quinta-feira (29), em São Paulo.
Procurada pela reportagem, a CPTM informou que os funcionários não são orientados a empurrar os passageiros e que eles receberão uma nova indicação de como proceder.
O registro foi feito pela equipe de reportagem do G1 na estação Berrini, da Linha 9-Esmeralda, em uma composição que seguia no sentido Grajaú, por volta das 18h, um dos horários de maior movimento da linha. 

A repórter do G1 acompanhou o embarque dos passageiros na Estação Pinheiros, que faz conexão com a Linha 4-Amarela, do Metrô, e só conseguiu descer na Estação Berrini com a ajuda de outros usuários, que a empurraram para fora.
A CPTM disse, em nota, que "os agentes operacionais atuam na orientação dos usuários durante a entrada e saída do trem, visando à sua segurança, além de verificarem se não há impedimentos para o fechamento automático das portas, para que não haja atraso. Não existe orientação da empresa no sentido de empurrar os usuários”. 
A empresa afirmou ainda que irá reforçar a orientação sobre os procedimentos das operações nas plataformas a todos os agentes.

FONTE: G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).