1 de julho de 2013

Separação das linhas de carga e de passageiro custará R$ 160 milhões

A obra de separação das linhas férreas de carga e passageiro entre Itaquaquecetuba e Suzano custará R$ 160 milhões para a MRS Logística, concessionária responsável pelo transporte de carga. Esse valor inclui a implantação de mais três faixas de trilhos, sendo um de carga e dois de passageiros, a construção de um viaduto férreo para acabar com o cruzamento das linhas. Além de remodelação dos pilares e reforma do viaduto Ryu Mizuno e a revitalização do Jardim Belém, área onde é instalado o viaduto férreo.

O valor da obra não havia sido divulgado pela concessionária, que durante apresentação do projeto, em agosto de 2011, afirmou não haver previsão definida para investimento. Antes disso, em outubro de 2010, havia informação de que o orçamento inicial estava em R$ 100 milhões. Agora a empresa afirmou que o investimento é de aproximadamente R$ 160 milhões.

MELHORIAS Além das obras necessárias para viabilizar a separação das linhas, o investimento da MRS inclui ações sociais e de melhorias nas cidades que são cortadas pelos trilhos - Suzano e Poá.

Em Suzano, até o ano passado, a empresa custeou a verba de atendimento dada às famílias retiradas do Jardim Belém. No total, 111 famílias precisam sair da área, mas até maio 64 ainda estavam no bairro.
Segundo acordo feito entre a concessionária e a administração passada, o valor do “aluguel” seria pago até que as famílias fossem transferidas para unidades habitacionais construídas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida, no Jardim Varan. O pagamento foi feito até o final de 2012.

Também foram construídas praças sob os pilares do Viaduto Ryu Mizuno nos dois lados da linha férrea. O viaduto ainda foi reformado.

Em Poá serão realizadas melhorias no sistema de frenagem de águas pluviais, próximo à divisa com Itaquá. Essa obra ainda não foi entregue, mas consta no projeto de segregação.

Fonte: Diário de Suzano

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).