9 de julho de 2013

Homem atropelado por trem em Mogi é identificado

O engenheiro João Carlos Oliveira de Mattos, 35 anos, foi reconhecido como o homem atropelado por um trem na quarta-feira, após ter pulado uma cancela da passagem de nível na avenida Valentina Mello Freire Borenstein, em Brás Cubas, foi identificado.

O fato foi comunicado ao meio-dia de ontem no 2º Distrito Policial de Brás Cubas, onde a família, inclusive, havia registrado um boletim de ocorrência do desaparecimento no dia anterior. Segundo informou a família, o engenheiro era solteiro, morador do Jardim Universo e sofria de epilepsia, fazendo uso de medicamentos controlados.

No dia do atropelamento, ele não teria tomado os remédios como de costume e estaria, conforme uma irmã, "emocionalmente abalado". Ela estava preocupada, pois o irmão havia saído de casa "sem roupas adequadas de frio". Somente horas mais tarde é que a família soube que ele havia sido atropelado por um trem e que havia falecido. O reconhecimento do corpo foi feito por um irmão dele. O parente da vítima contou que no dia da morte havia completado oito anos que seus pais faleceram. (C.I.)


Fonte: DAT
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).