31 de julho de 2013

Futuras estações do Metrô poderão ser vistas em 3D

Metrô terá site e centrais de relacionamento com a comunidade em todas as linhas em obras

Algumas das futuras estações da Linha 5-Lilás do Metrô agora poderão ser vistas em 3D através da tecnologia da realidade aumentada. A partir desta quarta-feira (31/07) o Metrô de São Paulo vai expor de forma interativa o traçado, informações e imagens das estações, em sua nova Central de Relacionamento - no Parque das Bicicletas, em Moema - e pela internet (www.realidademetro.com.br).

A central funcionará de segunda a segunda, das 8h às 20h e contará com telas de 50 polegadas, onde o visitante poderá conhecer cada detalhe, em maquetes eletrônicas, das futuras estações dessa linha: AACD/Servidor, Alto da Boa Vista, Borba Gato, Brooklin, Hospital São Paulo e Moema, todas com obras já iniciadas. No local, os visitantes também vão poder tirar dúvidas, dar sugestões a agendar visitas às obras.

A primeira das telas permitirá a visualização das estações em 3D na palma da mão. Para isso, os visitantes recebem folders sobre a linha, que devem ser apontados para o monitor disponível no local. Em outra tela, que utiliza a tecnologia kinect, o visitante poderá navegar pelo conteúdo de cada estação literalmente clicando no ar. O clique do mouse é substituído por gestos feitos em frente ao monitor. A terceira experiência ocorre através de um tablet gigante, do tamanho de uma mesa. Na tela multitouch, um ou mais usuários podem ver todas as características da estação, como acessibilidade, projeto arquitetônico, bicicletário e localização dos acessos principais.

A tecnologia da realidade aumentada ficará à disposição também pela internet. Através do site www.realidademetro.com.br, o internauta poderá ver em 3D as novas estações da Linha 5-Lilás, como se estivesse segurando-as. Para isso, o usuário imprime o folheto com o símbolo do Metrô (que também pode ser retirado em uma das Centrais de Relacionamento), escolhe a estação que deseja visualizar, e o aponta para a uma webcam conectada ao computador. A câmera faz a leitura do símbolo e projeta na tela a estação escolhida. As futuras estações das demais linhas também serão disponibilizadas posteriormente.

Relacionamento

As ações fazem parte de um pacote de medidas que o Metrô de São Paulo passa a adotar, utilizando a interatividade para mostrar à população o seu plano de expansão e todos os benefícios das quatro linhas que atualmente passam por obras de implantação ou extensão: 4-Amarela, 5-Lilás, 15-Prata e 17-Ouro.

Cada uma destas linhas vai contar com suas respectivas Centrais de Relacionamento. Serão em três formatos distintos: Central Fixa, próxima a algum canteiro de obra; Central Volante, que ficará de forma itinerária em pontos diferentes ao longo dos trechos em que as linhas passarão; e a Unidade Móvel Educativa, que vai percorrer escolas próximas ao traçado das obras.

Central Fixa

Além da Central de Relacionamento da Linha 5-Lilás, outras seis serão abertas ao público até o final de agosto, nos seguintes endereços:



LINHA


ENDEREÇO

4-AMARELA


Av. Rebouças, s/nº esquina com Rua Oscar Freire


Av. Francisco Morato esq. com Rua Rio Azul

5-LILÁS


Rua Domingos de Morais, 2564


Praça Augusto Tortorelo, s/nº


Av. Indianópolis, 49 – dentro do Parque das Bicicletas

15-PRATA


Rua Januário Cicco, 100

17-OURO


Rua Bernardino de Campos, 1624



Central Volante

A Central Volante é em formato de contêiner e vai acompanhar a progressão das obras das linhas. Funcionará de segunda a segunda, das 8h às 20h e contará com os mesmos recursos da Central Fixa.

A primeira Central Volante vai iniciar suas atividades na segunda quinzena de agosto, na avenida Jornalista Roberto Marinho com a avenida Doutor Chucri Zaidan, no traçado da Linha 17-Ouro. Permanecerá por um período de tempo na região e posteriormente será remanejada para outros locais. Em setembro é a vez da Linha 5-Lilás receber a sua primeira central, na esquina das avenidas Roque Petroni Júnior e Santo Amaro.

Unidade Móvel Educativa

Serão quatro vans e cada uma será customizada com a cor de sua respectiva linha (amarela, lilás, prata e ouro). As vans percorrerão escolas lindeiras aos traçados das quatro linhas em obras, mostrando os benefícios que cada uma levará às suas regiões e interagindo com os alunos, através de palestras e jogos participativos. As visitas começarão na segunda quinzena de setembro.

Expansão

De forma inédita no país, o Metrô realiza quatro grandes obras simultâneas, com investimento de R$ 29,9 bilhões: a segunda fase da Linha 4 (Vila Sônia-Luz), o prolongamento da Linha 5 (Largo Treze-Chácara Klabin), e a implantação dos monotrilhos das linhas 15 (Vila Prudente-Cidade Tiradentes) e 17 (Jabaquara-Morumbi). Ao todo são 55,2 quilômetros e 51 estações em obras realizadas ao mesmo tempo na cidade de São Paulo.

Metrô
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).