13 de junho de 2013

Em dia de greve, linha da CPTM desativada em 2011 volta a operar até a Luz

Trecho da linha 10-Turquesa, entre as estações Brás e Luz, só vai operar nesta quinta-feira

Desativado sob forte protesto dos passageiros no fim de 2011, o trecho da linha 10—Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) entre as estações Brás e Luz, na região central de São Paulo, reabriu nesta quinta-feira (13), por causa da greve de parte dos funcionários da empresa.

Segundo a CPTM, a medida é para que os passageiros tenham mais opções de deslocamento, já que três linhas estavam paralisadas durante a manhã. No sentido oposto, as composições seguem para Rio Grande da Serra, normalmente.

Isso mostra que o trecho está perfeitamente operacional e que poderia abrir em dias úteis sem greve. Porém, com a superlotação da estação Luz após a chegada da linha 4—Amarela do metrô, há quase dois anos, é pouco provável que a alteração seja feita em breve pela CPTM.

Além desse tramo, houve alteração no funcionamento da linha 8—Diamante, que, nesta quinta-feira, está indo somente até a estação Barra-Funda, sem completar o trecho até Júlio Prestes. No sentido contrário, a linha está seguindo normalmente até Itapevi.


R7


Acompanhe todas as informações em nossa página no facebook
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Anônimo disse...

Pena que trocaram a superlotação da Luz pela superlotação do Brás. Impossível fazer baldeação por lá no pico. Vou de carro no congestionamento. Pelo menos não desmaio. Mas hoje a noite estaremos na rua.

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).