13 de junho de 2013

CPTM irá cobrar funcionamento dos trens nos horários de pico na Justiça

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) informou nesta quinta-feira que irá acionar a Justiça pelo descumprimento da liminar do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região durante a greve dos ferroviários em São Paulo. Em nota, a empresa diz que os empregados não respeitaram a ordem judicial de manter 100% da operação nos horários entre 6h e 9h e das 16h às 19h, e nos demais horários 75% da operação ferroviária.

De acordo com a CPTM, a circulação de trens nas linhas 11 e 12 está interrompida em toda a extensão desde as 10h devido à greve. A operação Paese foi acionada e os ônibus circulam entre as estações Corinthians-Itaquera do Metrô e Guaianazes; entre Ferraz de Vasconcelos, Poá, Suzano, Mogi das Cruzes, Itaquaquecetuba e Guaianazes; e entre São Miguel e Itaim Paulista e estação Tatuapé do Metrô.

A CPTM informa ainda que, desde as 10h, opera três linhas da seguinte forma: 7-Rubi, entre as estações Luz e Jundiaí; 8-Diamante, entre as estações Itapevi e Palmeiras-Barra Funda, e 10-Turquesa até a Estação Luz. A operação Paese será mantida para atender a linha 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú), que está paralisada. Os coletivos estão atendendo os usuários entre as estações Pinheiros e Grajaú.

"A companhia lamenta a atitude arbitrária do Sindicato dos Trabalhadores da Zona Sorocabana, representante dos empregados das linhas 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi) e 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú), e do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central, que representa os empregados das linhas 11-Coral (Luz-Guaianazes-Estudantes) e 12-Safira (Brás-Calmon Viana), que descumpriram a liminar emitida pela Justiça do Trabalho", informou o comunicado.


Terra

Acompanhe todas as informações em nossa página no facebook
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

JP disse...

O que tem que acabar é essa palhaçada por parte da empresa (CPTM) e do TRT de estipular 100% da frota no horário de pico e 75% nos demais horários afinal, se com a greve eles já fazem uma palhaçada danada com propostas idiotas e ainda dão uma de "bom moço". Greve é greve, se não incomodar não é atendida!

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).