27 de junho de 2013

Construção da nova estação de trem em Suzano prejudica comércio

Mudança do portão de acesso faz cair movimento em algumas lojas. Demissão de funcionários foi a saída para manter as portas abertas.

A construção da nova estação de trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), em Suzano , vem deixando os comerciantes de uma das principais ruas da cidade sem movimento.

A mudança do portão de acesso à estação fez cair muito a clientela de alguns comércios. A solução para não fechar as portas foi a demissão de funcionários.

Em horário de pico, a Avenida General Francisco Glicério, um das mais movimentadas do Centro, fica praticamente vazia. A situação das lojas também não é diferente. Segundo os comerciantes, o motivo para a queda no movimento de clientes é a troca do portão da estação. Antes ele ficava em frente à Avenida General Francisco Glicério, mas há quatro meses, por conta das obras da estação, o portão foi provisoriamente transferido para 200 metros à frente, na Rua Benjamin Constant. A construção da estação vai custar cerca de R$ 46 milhões.

Enquanto a nova estação não fica pronta, quem tem comércio nesse local enfrenta grande prejuízo. O comerciante Antônio Lenildo Belo tem uma lanchonete na avenida e já perdeu 50% da clientela. Ele afirma que de manhã os salgadinhos que eram todos vendidos, hoje se acumulam na prateleira. Nas últimas semanas, a situação ficou tão desesperadora que o comerciante teve que demitir seis dos onze funcionários para não fechar as portas. "A  despesa é alta, por isso tive que cortar muita coisa."

O primeiro prazo para entrega da obra foi no final de 2012. Em seguida passou para 2013. Em nota a CPTM afirma que a estação só vai ficar pronta em 2014. Dessa maneira, os comerciantes prejudicados com a queda nas vendas vão ter que improvisar.

A gerente de uma ótica, Vanessa Rodrigues de Souza, diz que o movimento caiu 60%. A alternativa para tentar aliviar o prejuízo foi fazer promoções. Mesmo assim, segundo ela, o retorno ainda não é o esperado. "Não sabemos o que fazer enquanto a estação não fica pronta. A gente tenta, faz promoção, divulga, mas estamos tristes porque as vendas caíram muito. Ficamos sem ter o que fazer."

Fonte: G1

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa
ÚNICO DA REGIÃO ENTREGUE TOTALMENTE ACABADO, COM PISO EM TODAS AS ÁREAS ✅ ESCRITURA GRÁTIS! 💥 APARTAMENTOS LOCALIZADOS A 1,8 KM DA ESTAÇÃO BALTAZAR FIDÉLIS 💥 Se você: ✅ Trabalha registrado ✅ Possui renda familiar de R$ 2200 ou mais ✅ Possuis FGTS Não perca mais tempo, saiba que você possui um excelente potencial de financiamento e não pode deixar essa oportunidade escapar! SUA OPORTUNIDADE CHEGOU ✅ 1 Vaga ✅ Condomínio com portaria 24hs. ✅ Piscina ✅ Salão de Festas ✅ Churrasqueira ✅ Quadra ✅ Playground ✅ Plantas de 46 e 46 M². O único da região que entrega totalmente acabado e pronto para morar ***Use seu FGTS *** Financiamento Caixa Econômica Federal *** Entrega garantida pela Caixa prevista para maio de 2019. Localização Município: Francisco Morato CEP do imóvel: 07996-005 Bairro: Res São Luis VISITAS SOMENTE COM AGENDAMENTO PRÉVIO Fale com agora mesmo no telefone ou WhatsApp com: RICARDO - 11-987405205