7 de maio de 2013

Panes na CPTM prejudicam 328 mil usuários

Maioria dos problemas que afetam o transporte de passageiros está relacionada à sinalização / Foto: Gustavo Rejani
Falhas e panes nas linhas 11-Coral e 12-Safira da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) prejudicaram 328 mil passageiros do Alto Tietê. São trabalhadores, estudantes e pessoas que diariamente utilizam o serviço para se locomover entre as cidades da Região e à Capital. Ao todo, foram 31 falhas entre os dias 25 de março e 22 de abril; mais de uma por dia. Os dados fazem parte de um levantamento do Sistema Integrado de Controle de Operação e Manutenção (Sicom) da empresa e foram fornecidos pela diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil - Base São Paulo.

O Sicom é um sistema de registro que compila as situações anormais desenvolvidas nos trilhos da CPTM e calcula a quantidade de passageiros prejudicados com atrasos por meio do cruzamento entre o volume de viagens programadas e as que foram realmente realizadas.

O número de passageiros prejudicados pode ser ainda maior, isso porque o balanço se restringe às falhas que prejudicaram mais de 500 usuários e que foram frutos de problemas no sistema de sinalização e trilhos.

A grande maioria dos casos se refere a problemas de sinalização: 27. Em seguida surgem duas panes no Centro de Controle Operacional (CCO); um trilho partido e um descarrilamento. De acordo com o documento, a falha que proporcionou menor prejuízo aconteceu no dia 19 de abril e atingiu 687 passageiros. Enquanto a maior delas abrangeu 170 mil usuários, após um incêndio de no-breaks, no último dia 6, paralisando a circulação das composições da CPTM por seis horas. A mais grave ocorreu quatro dias depois, quando um trem descarrilou nas proximidades da Estação Itaquaquecetuba. O acidente prejudicou mais de 10 mil passageiros e poderia ter tido consequências mais sérias àqueles que estavam na composição, porém ninguém ficou ferido. (Marcos Araújo - Especial para O Diário)

Fonte: http://odiariodemogi.inf.br
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).