29 de abril de 2013

30 de abril - Dia do Ferroviário

A ferrovia no Brasil

Tudo começou em 30 de abril de 1854, data de inauguração da primeira linha ferroviária do Brasil, a Estrada de Ferro Petrópolis. O trajeto de 14,5 km ligava o Porto de Mauá, na Baía de Guanabara, à Serra da Estrela, em Petrópolis, Rio de Janeiro.

A partir dessa data, o desenvolvimento ferroviário avançou e várias ferrovias surgiram em todo o país, entre elas a São Paulo Railway [atuais linhas 7-Rubi e 10-Turquesa, da CPTM]. Inaugurada em 1867, a primeira ferrovia paulista tornou-se a mais importante do país por escoar a produção do interior para o porto de Santos, tornando-se fundamental para o desenvolvimento do país e principalmente do sistema ferroviário.

Enganam-se os que pensam que ferrovia seja apenas peça de museu ou capítulo de livros de história. Hoje, a ferrovia paulista vive novamente seu auge. Com 260 km de trilhos, a CPTM transporta diariamente mais de 2,6 milhões de passageiros em 22 municípios.

Para que isso seja possível, nada mais importante que o esforço de todos os ferroviários para levarem, com rapidez e segurança, as pessoas que deles dependem para suprir suas necessidades de deslocamento para o trabalho, o estudo ou simplesmente o lazer.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).