Loading...
sexta-feira, 18 de abril de 2014
Linha Trecho afetado Horário Circulação
7 - RubiLuz - Francisco Morato04:00 - 23:59Alteração na circulação em razão de serviços programados de obras de modernização
12 - SafiraBrás - Calmon Viana00:01 - 02:00Interrupção na circulação em razão de serviços programados de obras de modernização
12 - SafiraBrás - Calmon Viana04:00 - 23:59Interrupção na circulação em razão de serviços programados de obras de modernização
8 - DiamanteJúlio Prestes - Itapevi04:00 - 20:00Alteração na circulação em razão de serviços programados de obras de modernização
8 - DiamanteJúlio Prestes - Itapevi20:00 - 23:59Alteração na circulação em razão de serviços programados de obras de modernização
domingo, 20 de abril de 2014
Linha Trecho afetado Horário Circulação
11 - CoralGuaianazes - Jundiapeba04:00 - 23:59Interrupção na circulação em razão de serviços programados de obras de modernização
11 - CoralLuz - Guaianazes04:00 - 23:59Alteração na circulação em razão de serviços programados de obras de modernização
11 - CoralJundiapeba - Estudantes04:00 - 23:59Alteração na circulação em razão de serviços programados de obras de modernização

8 - DiamanteBarueri - Itapevi00:01 - 23:59Alteração na circulação em razão de serviços programados de obras de modernização
diariodacptm@hotmail.com

27 de fevereiro de 2011

Futuras estações da Linha 4 do Metrô


Estação Butantã
  As estações Pinheiros e Butantã da Linha 4-Amarela do Metrô de São Paulo ainda não estão abertas para o público, mas estão quase prontas. A equipe de reportagem do SPTV viajou entre as estações, em um trajeto que passa sob o Rio Pinheiros.
 Atualmente, apenas as estações Paulista e Faria Lima funcionam, em fase de testes, das 8h às 15h. Quando tudo estiver pronto, a linha vai ter 11 estações ao longo de quase 13 km. Vai ligar a região da Luz, no Centro da cidade, à Vila Sônia, na Zona Sul, passando por baixo das avenidas Ipiranga, Consolação, Rebouças e Francisco Morato. As operações no Butantã e em Pinheiros devem começar em julho, segundo cronograma do governo.
 Na Butantã, as paredes pintadas são bem diferentes do cinza que predomina em outras estações. Todas as paradas da Linha Amarela vão funcionar com as portas-plataforma. Com isso, o metrô vai funcionar com mais rapidez e segurança, porque não existe o risco de algum objeto ou uma pessoa cair nos trilhos. Para isso dar certo, as portas da plataforma e do trem precisam funcionar em perfeita sincronia.
 Do lado de dentro, os vagões têm ligação entre si. Com o trem vazio, é possível acompanhar o movimento do veículo serpenteando pelos túneis. O novo Metrô não tem condutor e funciona com uma tecnologia que permite diminuir o intervalo entre os trens nas estações.
“A ausência de operador não implica em nenhuma perda de qualidade nem de segurança. Ao contrário, dá mais estabilidade e segurança para o sistema”, disse o presidente do Metrô, Sérvio Avelleda.
 Após passar debaixo do Rio Pinheiros, o metrô chega à estação Pinheiros. “A engenharia, com todas as sondagens, elaborou os cálculos para a passagem sob o rio. Essa passagem foi feita com toda a segurança, com todo monitoramento”, acrescentou o presidente do Metrô.
 Foi nessa estação que em 12 de janeiro de 2007 um deslizamento de terra abriu uma cratera de 80 metros de diâmetro e 30 de profundidade. Sete pessoas morreram soterradas. Segundo a empresa, a segurança na região agora é garantida.
 Quando estiver totalmente pronta, a estação deve receber 140 mil pessoas todos os dias. Lá, as escadas rolantes são inteligentes: quando não tem ninguém, elas param para economizar energia. Nos horários de pico, ela acelera. A estação Pinheiros tem 36 metros de profundidade, o equivalente a um prédio de 12 andares. Fonte:SPTV 

Reações:
Comentários
0 Comentários

0 Comentários:

Google+ Seguidores

Postagens populares